Arménia, Geórgia & Azerbaijão

Arménia, Geórgia & Azerbaijão
Desde 2998€

por pessoa

**MÍNIMO 2 PESSOAS**Circuito inclui passagem aérea em classe turística, 13 noites de alojamento, regime segundo itinerário, transferes de entrada e saída, visitas, entradas de acordo com o itinerário, acompanhamento de guia em espanhol, seguro de viagem, taxas de aeroporto e de combustível (sujeitas a alteração até a data de emissão dos bilhetes).

Dia 1 - Portugal / Erevan

Embarque no voo com destino a Erevan, capital da Arménia. Chegada e transfere. Alojamento.

 

Dia 2 - Erevan

Pequeno-almoço. Início do tour pela cidade de Erevan: Visita a uma  fábrica de tapetes tradicionais. De seguida, visita ao memorial do genocídio arménio – Tsitsernakaberd. Continuação com uma caminhada pelo Memorial Parque, pelo Museu das Vítimas do Genocídio. Passagem também pelo mercado das frutas. Alojamento.

 

Dia 3 - Erevan / Geghard / Garni / Lago Sevan / Erevan

Pequeno-almoço. Partida em direção ao Mosteiro de Geghard, considerado Património Mundial pela UNESCO. O Mosteiro de Geghard (que significa “lança”) é uma obra prima insuperável da arquitectura arménia do século XIII, majestosamente esculpido nas rochas. Devido à sua construção e acústica, Geghard é um dos melhores locais do mundo para cantar músicas espirituais. Este complexo é rico em adornos, incluindo também Jachkars notáveis (Cruz de Pedra). Partida para o templo de Garni, que se ergue sob uma capa triangular, é o único exemplo da cultura pagã que sobreviveu na Arménia. Depois de adoptar o cristianismo no ano 301, o templo pagão perdeu a sua importância e a fortaleza de Garni converteu-se numa residência de verão dos reis arménios que ainda hoje em dia preserva as ruínas do palácio real. Continuação até ao Lago Sevan, que fica a cerca de 70 Kilometros a norte de Erevan. O Lago Sevan, conhecido por ser o mais alto lago do mundo e o maior do Cáucaso, a beleza da paisagem e da água cristalina são excelentes para uma pausa. Nas margens do lago fica o mosteiro de Sevanavank. Retorno a Erevan. Alojamento.

 

Dia 4 - Erevan / Khor Virap - Etchmiadzin / Zvartnots / Erevan

Pequeno-almoço. Partida em direção ao Mosteiro de Khor-Virap cuja importância está associada a Gregório, o Iluminador, que foi quem introduziu o Cristianismo na Arménia. Trata-se de uma obra prima maravilhosa localizada no topo de uma colina. Um lugar de peregrinação. Um castelo onde todos têm a oportunidade de se sentar e sonhar enquanto admiram a beleza da igreja, com maior destaque para a vista panorâmica do bíblico Monte Ararat. Continuação até Etchmiadzin – lugar onde Jesus terá descido do Céu e mostrado a São Gregório em que lugar a igreja deveria estar. Echmiadzin é o centro espiritual de todos os arménios e um dos centros do cristianismo em todo o mundo. Regresso a Ereván onde se irá fazer uma paragem nas ruínas no templo de Zvartnots - pérola da arquitectura do século VII, declarado Património Mundial da UNESCO. Alojamento em Erevan.

 

Dia 5 - Erevan / Sadakhlo / Tbilisi (fronteira entre a Geórgia e Arménia)

Pequeno-almoço. Transfere de Erevan para Tbilisi. Check-in no hotel. Resto do dia livre em Tbilisi.

 

 

Dia 6 - Tbilisi

Pequeno-almoço. Visita á capital da Geórgia – Tbilisi com toda a sua beleza, com as suas ruas estreitas, casas coloridas, varandas esculpidas, bairros antigos e excelentes amostras de arquitectura moderna. Visita á Igreja de Meteji onde é possível ter uma vista espetacular da cidade velha.  Passagem pelas belas ruas estreitas e visita aos principais lugares de interesse na cidade. Depois desfrutaremos da uma magnifica visita panorâmica pela cidade velha com passagem através da antiga Fortaleza de Narikala e visitaremos também os históricos banhos de Azufre (que deu origem ao nome da Capital). Mais tarde, visita ao Museu de História. Alojamento.

 

Dia 7 – Tbilisi / Mtsjeta / Gori / Uplistsije / Kutaisi

Pequeno-almoço. Saída até à cidade-museu de Mtsjeta, sede da Igreja Ortodoxa e Apostólica Geórgiana, que foi declarada Património da Humanidade pela UNESCO. Mtsjeta é uma das cidades mais antigas do país, capital do reino da Geórgia  - século III a. C.  ao século V d. C. - as igrejas são um bom exemplo da Arquitetura religiosa medieval no Cáucaso. Visitaremos a Catedral de Svetitsjoveli (“Pilar que dá vida”) contruída no século XI – uma peça importante da história cristã – e o Mosteiro de Jvari (séculos VI – VII) “Igreja de Santa cruz”, que guarda a sagrada cruz de madeira, que trouxe Santa Nino ( ou Santa Cristiana) antes que Mtsjeta se convertera ao cristianismo. Continuaremos a viagem até à pequena cidade de Gori, fundada por um dos maiores reis da Geórgia, David o construtor . É a cidade natal do famoso líder soviético Josef Stalin , que nasceu em 1878. Saída até á cidade rupestre de Uplistsije (literalemente “Fortaleza do Senhor”), um dos assentamentos urbanos mais antigos da Geórgia e o ponto-chave da famosa rota da seda. Hoje em dia é um dos lugares de interesse mais visitados da Geórgia. Concluída a visita continuaremos até Kutaisi. Alojamento em Kutaisi.

 

Dia 8 – Kutaisi / Chardaji / Tbilisi

Pequeno-almoço. Manhã dedicada a visitar Kutaisi e seus arredores. Visita á Catedral de Bagrati do século XI, que é a obra mestre da arquitectura medieval Geórgiana e o impressionante Mosteiro da Virgem em Guelati, com os seus belos frescos em mosaicos. Na idade média foi o centro educativo mais famoso chamando-se “Nova Jerusalém” e “Nova Athos”. A Catedral e o Mosteiro estão declarados Património da Humanidade pela UNESCO. Na povoação de Chardaji visitaremos a “Adega de Yago” onde provaremos o único vinho BIO feito em Kvevri (recipiente em cerâmica) segundo a tradição Georgiana. O método de preparação do vinho Georgiano está incluído na lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade. Regresso a Tbilisi. Alojamento.

 

Dia 9 - Tbilisi / Signagui / Gavazi / Tsinandali / Vardisubani / Telavi

Pequeno-almoço. Visita á parte mais fértil e pitoresca da Geórgia – Kajetia. Esta região é conhecida por ser o berço da viticultura e do vinho, onde se desenvolveram cerca de 500 tipos diferentes de vinho na Geórgia. Chegaremos á cidade de Signagui “A Cidade do Amor”. Passaremos nesta pequena e maravilhosa cidade do século XVIII, que impressiona pela sua incrível muralha e pequenas casas de madeira, decoradas com varandas trabalhadas e arquitectura tradicional e com uma vista espetacular para o Vale Alazani e para as montanhas do grande Cáucaso. Depois, veremos o Convento das Freiras - Bodbe (século XI), com o seu belo jardim, onde está enterrada a madrinha dos Georgianos – Santa Nino ( ou Santa Cristiana)  que levou o cristianismo para a Geórgia no século IV.  Almoço, onde provaremos deliciosos pratos caseiros. Visita ao Palácio de Tsinandali, que pertencia aos duques do século XIX. Aqui encontra-se a primeira adega fundada por um dos poetas mais famosos do século XIX, Alexander Chavchavadze. No final, iremos até à aldeia Vardisubani para aprender como se fazem os frascos de cerâmica chamados de “Kvevri”.  Continuação até Telavi. Chegada e alojamento.

 

Dia 10 - Telavi / Lagodeji(Fronteira) / Kish / Sheki

Transfere até á fronteira entre a Geórgia e o Azerbaijão. Formalidades de saída e entrada trâmites aduaneiros e partida para Sheki. Visita á cidade de Sheki. Inicio com o Palácio de Verão Sheki Khans com os seus magníficos vitrais. Visita á oficina local de vitrais artesanais de Sheki que são montados manualmente. Este local foi um dos principais pontos de passagem da rota da seda. Seguimos para a aldeia de Kish para visitar a igreja mais antiga na área do Cáucaso que data do século IV. Alojamento.

 

Dia 11 - Sheki / Lahij / Shemakha / Maraza / Baku

Antes de partir em direcção a Baku, visita a um bazar local, um espetáculo de cores e sabores em que será capaz de interagir com a população local. Pelo caminho, visita à aldeia de Lahji, localizada nas maiores montanhas do Cáucaso, famosa pelo seu artesanato de cobre, recentamente incluído na lista do património da UNESCO. (A excursão a Lahij é feita somente quando as estradas estão secas por questões de segurança). Continuação para paragem em Shemakha para visitar a Mesquita Juma. Passagem ainda pelo Mausoléu Diri Baba. Chegada a Baku. Alojamento.

 

Dia 12 - Baku / Gobustan / Baku

Em hora a combinar localmente, saída em direcção a Gobustan, uma antiga povoação do período Neolítico e um museu ao ar livre de pinturas rupestres considerado Património da Humanidade pela UNESCO. Nesta zona, iremos ver os famosos vulcões de lama (a excursão do vulcão é operada somente quando as estradas estão secas). Almoço. Da parte da tarde, a visita guiada a Baku  e da sua cidade medieval das muralhas “Icheri Sheher” com os seus becos estreitos, Mesquitas e o Palácio dos Shirvanshahs. Visitaremos também o símbolo da cidade: a Torre da Donzela, onde podemos admirar as imponentes mansões dos magnatas do petróleo. Continuaremos pelo beco dos mártires com as suas magnificas vistas sobre a Baía de Baku.

 

Dia 13 – Baku / Absheron / Baku

Em hora a combinar localmente, saída para conhecer o Templo Ateshgah, o “Templo da Chama Eterna” (Património da UNESCO), que foi construído no século XVIII para as orações dos Zorastros que viajam com caravanas comerciais através do Azerbaijão. Continuaremos a visita com a Fortaleza Mardakan que formava parte do sistema de defesa da península nos séculos medievais. Por último, iremos até Yanar Dag, a Montanha de Fogo, encosta famosa que permanece continuamente em chamas devido à combustão de gás juntamente com enxofre debaixo da terra. Regresso ao hotel e alojamento.

 

Dia 14 – Baku / Portugal.

Pequeno-almoço. À hora prevista transfer para  o aeroporto para voo de regresso. Chegada e fim dos serviços.